Jogamos - Shadow of the Tomb Raider


✔ Mamilos Club - Recomenda - Shadow of the Tomb Raider

Após duas aventuras de introdução à origem de Lara Croft, Shadow of the Tomb Raider chega com uma história cativante do início ao fim que nos mostra o ápice da experiência de Lara em exploração e combate.

O game se passa logo após seu antecessor, dessa vez o objetivo é recuperar uma adaga que tem o poder de refazer o mundo em todos os sentidos, transformando o passado e consequentemente mudando o futuro. Mais uma vez a Trindade está em busca desse poderoso artefato, Lara então começa sua jornada para impedir que a adaga caia nas mãos da organização de quem seu pai morreu lutando contra.

Dessa vez o jogo conta com muitas novidades, a narrativa por exemplo está mais intensa do que nunca, com personagens extremamente profundos, é possível notar a mudança até mesmo em missões secundárias. Agora também contamos com um combate mais fluído, assim como toda sua jogabilidade, novos equipamentos também fazem parte das mudanças introduzidas em Shadow of the Tomb Raider, além do machado com corda que vimos em Rise, também é possível fazer rapel, escalar rochas inclinadas e eliminar os inimigos de inúmeras formas diferentes. Outra coisa que recebeu grande melhoria, é o modo stealth, é possível passar por quase todo o jogo sem ser visto pelos inimigos, já que o game agora conta com novas maneiras de se esconder pelo ambiente. Se antes era possível se esconder apenas em arbustos, agora se lambuzar de lama e pegar cobertura totalmente camuflada em paredes, são mecânicas válidas na hora de entrar em combate.


É claro que é impossível falar de novidades sem citar o gameplay aquático, assim como os clássicos, explorar ambientes sensacionais debaixo d'água é uma realidade no jogo, porém é preciso ter cuidado, já que mesmo submersa, Lara ainda precisa enfrentar ameaças como a falta de fôlego, cardumes de piranhas e uma espécie de cobra aquática muito perigosa. Há também um modo fotográfico, que permite o jogador tirar belas screenshots, aplicando efeitos, modificando o ângulo e zoom.

A ambientação está fantástica, sem dúvidas nunca foi visto antes em qualquer outro jogo uma selva tão detalhada e imersiva quanto em Shadow of the Tomb Raider, a qualidade da folhagem, da água, junto com os animais, o design dos lugares e a sonorização, causam uma real sensação de realmente estar no lugar.

Graficamente houve uma pequena, porém muito significamente melhoria em relação ao Rise, a grande evolução se aplica mais em efeitos, o game tem efeitos de fumaça, fogo, névoa e luzes bastante próximos da realidade, o cabelo da Lara também não sofreu grande evolução, há quem diga estar pior e quem sinta estar melhor, é algo bastante relativo, mas o que não se pode negar é que a física do cabelo com certeza regrediu. Tudo isso é bastante compreensivo, já que os cenários agora possuem um nível maior de detalhes e informações.

Ainda em relação aos gráficos, algo que foi bastante criticado pelos jogadores, é a paleta de cores no jogo, que conta com uma grande falta de contraste, dando a impressão de uma cor apagada na maioria do tempo, tal "problema" pode ser corrigido ativando o recurso gráfico HDR, mas para isso é necessário possuir um monitor com suporte HDR.

A trilha sonora e sonorização estão incríveis, em praticamente todo o momento é possível notar uma música diferente de fundo que dá ainda mais imersão ao jogo. Os sons de atrito com o ambiente como por exemplo, pulos, colisões e todos os outros sons em geral, estão quase perfeitos, bastante próximos da realidade. A performance dos atores para os personagens também estão ainda melhor que nos games anteriores, todos eles passam a verdade necessária para um bom e convincente enredo, algo que sem dúvidas surpreende.


É impossível negar que Shadow of the Tomb Raider acertou em cheio em pontos que o game anterior errou, como em história, exploração e dificuldade. Se Rise of the Tomb Raider prometeu ser mais familiar aos jogadores dos Tomb Raider clássicos e falhou, Shadow cumpre muito bem essa promessa e fecha com chave de ouro a trilogia de origem de Lara Croft.


Pontos positivos:
  • Enredo empolgante
  • Ambientação fantástica
  • Sonorização quase perfeita
  • Ótima trilha sonora
  • Bastante conteúdo
  • Belos gráficos e efeitos de iluminação
  • Modo fotográfico
  • Jogabilidade mais fluída do que nunca
  • Novas mecânicas de combate e exploração.
  • Puzzles inteligentes
  • Mansão Croft
  • Bastante desafiador nas maiores dificuldades

Pontos negativos:
  • Otimização deixa a desejar
  • Bugs de save, conquistas e porcentagem de conclusão do mapa
  • Falta de contraste em alguns ambientes


Análise escrita por Aca40eSete






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.