Really? A EA não desistirá das micro-transações!

Clique para ver a imagem em tamanho original

Na mais recente reunião com os investidores, os principais executivos da Electronic Arts falaram sobre os últimos três meses da companhia e sobre os próximos três, o restante ano fiscal.

Depois de revelar que Star Wars Battlefront 2 vendeu mais de 9 milhões de unidades, a EA falou sobre a controvérsia das micro-transacções, sobre o apoio que continuarão a dar ao jogo e a relação com a Disney.

Andrew Wilson, director executivo da EA, afirmou que a editora continuará dedicada à oferta de economias digitais e serviços vivos. Segundo diz, as equipes estão a trabalhar para descobrir como inserir isto da melhor forma em Battlefront 2.

Quando a EA se sentir confortável com um modelo de micro-transações, que seja adequado para a comunidade, receberá o apoio da Disney e esse modelo será implementado.

Wilson disse ainda que "não podemos acreditar em tudo o que lemos na imprensa" e que a sua companhia tem uma relação fantástica com a Disney. Wilson diz que a Disney é muito ativa quando se trata de servir os jogadores.

Depois do que aconteceu com Star Wars Battlefront 2, a EA sabe que não podem aplicar o mesmo modelo a todos os jogos e devem sempre procurar aquele que é mais apropriado para a experiência e jogadores.

Segundo Wilson, a EA vai-se focar para assegurar que o sistema é justo e que os jogadores têm a opção de escolha, só assim fará sentido reintroduzir as micro-transações no jogo.

Blake Jorgensen, director financeiro na EA, diz que as caixas de loot não são uma forma de jogo de azar, algo que muitos governos concordam. Jorgensen diz mais ainda, diz que toda a indústria concorda com essa noção.

Jorgensen diz que vão trabalhar com os seus parceiros e a EA para que as pessoas compreendam que as caixas de loot não são jogos de azar e que existem muitos jogadores que tiveram grandes experiências em jogos com este tipo de sistema.

Fonte: Eurogamer
Postado Por: BlackThug

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.