Jogamos - Iron Wings


Iron Wings mescla o estilo arcade com simulador, mas aqui - como dá a entender pelo nome - estamos falando de um game de ação envolvendo aviões, muitos tiros, mortes, explosões, e lógico que uma boa dose de dificuldade. O título é desenvolvido e distribuído por Naps Team, que possuí outro game que já tivemos a oportunidade de jogar: Maria the Witch.

Aqui você vai entrar na realidade de Jack e Amélia, ambos pilotos habilidosos em plena segunda guerra mundial e vai ser preciso deixar à individualidade de lado para realizar as missões com sucesso. Os eventos do jogo - missões - são contados por Jack, anos após o fim dos eventos contra o nazismo.

Realizando os testes para ver se está tudo ok com o avião
Apesar de sair de um estúdio sem experiência, o jogo demonstra uma qualidade muito elevada, não apenas nos gráficos, mas de uma forma geral, até mesmo alguns detalhes que não seriam muito relevantes à proposta do game acabaram recebendo atenção. Iron Wings ainda está “fresco” no Steam (Na data desta review, estava em seu terceiro mês) e nada mais natural que enfrentar alguns problemas neste período, afinal, nem tudo é resolvido ou descoberto durante os betas.

À jogabilidade com controle é excelente, fácil e todos os comandos respondem como deveriam, já ao assumir o avião com o teclado não é uma tarefa simples… Não por problemas técnicos, mas sim pela escolha das teclas… Não é fácil se adaptar - eu mesmo não me adaptei e fiquei apenas no controle de Xbox 360 - então recomendo que tenha algum controle compatível com o Steam, já que o jogo tem compatibilidade total.


Mesmo rodando no máximo, o jogo apresentou uma taxa estável de fps.
Evidentemente não existem apenas elogios. Ao menos o jogo peca em pontos que não afetam diretamente à jogabilidade, são eles: À repetição de algumas cenas curtas durante as missões (exemplo mais comum são os soldados morrendo) e os efeitos sonoros (diálogos repetitivos e sons que estão em terra, mas você escuta em pleno voo) são detalhes que devem ser arrumados com facilidade nas próximas atualizações.

As missões não são tão repetitivas como é dito nas análises do jogo no Steam, posso dizer que encontrei o que esperava, afinal, as pessoas queriam que tipo de missão em plena segunda guerra mundial? Afinal, não existem muitos tipos de missões a serem feitas com bombas e tiros de metralhadora, ainda mais com os recursos da aeronáutica na época.

Conforme você vai passando as missões será ganho pontos “dinheiro” que pode ser usado para adquirir novos aviões, pinturas e até armamentos melhores, claro, é preciso atenção porque tanto os aviões quanto as armas possuem atributos bons e outros ruins… É preciso muita atenção, pois afeta diretamente à resposta do avião em combate.

Os atributos dos aviões impactam durante à missão, assim como as armas, então tenha cuidado e tente se adaptar rapidamente, não esqueça que é preciso manobrar para escapar dos tiros e perseguir inimigos, existe uma barra na metralhadora - que esquenta - então evite tiros desnecessários ou pode acabar entrando numa perseguição e não ter como atirar em virtude do aquecimento.



Recomendo o jogo por tudo que ele apresentou, pelo cuidado que os desenvolvedores estão tendo em observar as reações da comunidade e trabalhar em cima das críticas, o que acho fundamental numa desenvolvedora. As reações negativas se devem em maior parte com relação ao suporte dos controles, que até pouco tempo não era possível usar, fato que prejudicou as análises com relação ao game. Um fato que não posso deixar de mencionar é que o jogo é protagonizado por um negro em plena segunda guerra mundial e que tem como parceira uma mulher, dois esteriótipos que sofriam preconceito na época.


Prós:

Bons gráficos;
Compatibilidade total com controles;
Ótima jogabilidade (no controle);
Nível de dificuldade;
Estilo de combate;
Razoável quantidade de missões;
Protagonistas inusitados para época;

Contras:

Efeitos sonoros abaixo da qualidade esperada;
Repetição de cenas curtas;
Comandos padrão do teclado é muito ruim;



Participe da nossa network

      
Tecnologia do Blogger.