Mudanças no sistema de cartas (Trading Cards)


Na notícia anterior o Steam apresentou um pouco sobre a mudança no algoritmo da loja e no Greenlight, agora chegou à vez das novidades com relação aos Trading Cards.

O Steam inseriu os Trading Cards em 2013 com dois objetivos em mente:

Para os jogadores: Pequenos colecionáveis associados à jogos. Eles são negociáveis e por isso você poderia trocar com outras pessoas e se desfazer deles em busca de cartões dos jogos que você mais gosta e se não tivesse interesse em usá-los, poderia simplesmente vender no mercado.

Para os desenvolvedores: Era uma maneira fácil de agregar valor extra ao jogo e oferecer essas recompensas por tempo dentro do game.

O sucesso envolvendo o Trading Cards foi instantâneo e hoje move o mercado constantemente, tornou-se significativo para muitas pessoas e que vale à pena aproveitar da melhor forma possível. Vendo este mercado em ebulição, foi então que uma pequena parcela de "desenvolvedores" com má índole chegaram, e com eles o objetivo de simplesmente lucrar ao lançar jogos “falsos” na plataforma.

Essas pessoas que se dizem desenvolvedores acabam fazendo uso de uma ferramenta que é fornecida à todos os devs do Steam, onde estes podem gerar keys para seus jogos e com isso ele ficam gerando milhares de chaves e executam elas com uso de bots em contas Steam, mesmo que o jogo não venda ou se quer esteja pronto… Os desenvolvedores acabam lucrando com o dinheiro dinheiro vindo das cartas.

Cultivar esse “esquema” não é tão difícil para o desenvolvedor. O primeiro empecilho dele é o jogo ser aprovado no Steam Greenlight, porém sempre que há sucesso em arrumar uma “brecha” usada por eles a fim de alavancar os votos positivos, toneladas de novos surgem no lugar e este círculo já é vicioso e o Steam cansou de lutar contra isso.

O Steam poderia restringir a capacidade dos desenvolvedores em gerarem chaves para seus jogos, mas teria de degradar as ferramentas que os desenvolvedores (de verdade) estão usando para tornar seus jogadores felizes. O Steam também não está certo de que ele realmente vá resolver o problema - há muitas maneiras de um “dev” tentar obter o seu jogo e continuar com esse círculo vicioso, então não seria essa a solução.

Como vocês leram no primeiro post, o trabalho do algoritmo é “mastigar” informações e mostrar à todos apenas jogos que fazem algum sentido de estarem ali “recomendados” e como as pessoas de má índole estão sempre buscando meios estragar com o trabalho realizado pelo Steam, existe um medo que seja criado algo que faça esses jogos “falsos” sejam mostrados como populares e acabe estragando sua experiência.

Portanto, foi decidido adotar uma abordagem diferente - eliminar o incentivo econômico que está na raiz do problema.

O que o Steam vai fazer?

Em vez dos jogos começarem a dropar Trading Cards no momento em chegam no Steam, este algoritmo vai mudar para um sistema onde os jogos não começam a soltar cards até que o jogo tenha atingido uma medida de confiança que deixa claro que ele está realmente sendo comprado e jogado por usuários genuínos. Uma vez que um jogo atinge essa medida, os cards cairão para todos os usuários, incluindo todos os usuários que jogaram o jogo antes desse ponto. Assim, no futuro, mesmo se você jogar um jogo antes de ter Trading Cards, você receberá cartões por seu tempo de jogo, mas quando o desenvolvedor acrescentar cartões e atingir a medida de confiança.

A medida de confiança é construída a partir de uma variedade de pedaços de dados, todos destinados a separar jogos legítimos e bots falsos de contas falsas. Você pode se perguntar por que a medida de confiança será bem-sucedida na identificação de jogos falsos, quando o Steam não estava tendo sucesso em usar dados para evitar que eles passassem pela Greenlight. O fato é que o Greenlight é usado por uma subseção minúscula da playerbase total do Steam, produzindo muito menos dados em geral, o que o torna mais fácil de monitorar. 

Além disso, Greenlight só permite que os jogadores votem e comentem, de modo que os dados são estreitos. O Steam em grande parte permite aos jogadores interagir com os jogos de muitas maneiras diferentes, gerando um amplo conjunto de dados para cada jogo, e isso torna a identificação de jogos falsos mais fácil.

Com esta mudança é esperado que reduza significativamente o lucro destes falsos desenvolvedores no Steam. Existe à esperança de que isso tenha pouco impacto negativo sobre outros desenvolvedores e jogadores (os de boa fé e que levam os games à sério), com um pequeno número de jogos tendo um atraso antes de começarem a dropar suas cartas. No lado positivo, ele deve melhorar significativamente a qualidade dos dados sendo alimentados nos algoritmos da loja, que é uma coisa boa para todos. 

Não entendeu ou quer discutir a ideia? O Steam quer ouvir você: Fórum da comunidade.

Fonte original (Inglês): Changes to Trading Cards
Tecnologia do Blogger.