Jogamos - Tiny Metal: Full Metal Rumble

 Mamilos Club - Recomenda - Tiny Metal: Full Metal Rumble
Desenvolvido pela AREA 35 e distribuído pela AREA 34, Tiny Metal é um jogo indie de estratégia em turnos que deixa uma mensagem muito clara: A guerra nunca muda!

TM: FMR (é assim que chamaremos, o título é muito grande) é um jogo tático de estratégia com muito a oferecer. Não precisa ficar com um pé atrás por ser algo com um preço relativamente baixo, aqui você usufruirá de boas horas de gameplay, aproveitando ao máximo tudo que você espera por uma guerra em turnos. O jogo possui dois modos: multiplayer e campanha solo. Como sempre, a campanha solo é um preparativo para o multiplayer, e é lá que a coisa fica realmente divertida, tendo muita coisa que você pode desbloquear e conquistar.

Enfim, as batalhas são divididas em mapas, digamos que esses mapas são tabuleiros com vários obstáculos e pontos onde você poderá obter ou perder determinadas vantagens, além de possuir florestas onde você poderá esconder suas tropas, e até mesmo permite que você faça uso de montanhas para uma visão superior do cenário.




Em cada cenário você terá uma história para acompanhar, e ao concluir a batalha de cada cenário ganhará moedas, as quais poderão ser usadas para comprar/desbloquear coisas diferentes (tropas, carros, tanques, tipo de arma e afins).

Possuindo quatro níveis de dificuldade, não te obriga a ser um gênio da estratégia para que se divirta, sendo que, claro, quanto mais difícil, mais divertido. Os três modos disponíveis já de começo são: Fácil, Normal e Difícil, sendo que o modo realmente Difícil, o Difícil dentre os Difíceis, só é desbloqueado após zerar o jogo no Difícil.

Pois bem, você não precisa ter jogado nada do tipo antes de TM: FMR, visto que o jogo possui um tutorial interativo completo, detalhado, que poderia ser chamado de tutorial para iniciantes que nunca jogaram nada do tipo. Enfim, é bem detalhado, explicativo e tudo mais, um verdadeiro supra sumo para qualquer iniciante no gênero. Ah, lembre que é um jogo de estratégia, os detalhes importam, visto que são eles que definem se você vence ou não, e a guerra não te dá segundas chances.



Por ser um jogo de estratégia fundamentalmente baseada em turnos, você jogará produzindo tropas, e movendo-as em turnos alternados com o inimigo. Além disso, sempre que você ataca ou é atacado, o oponente ou suas tropas fazem um contra-ataque. Logo, a menos que você dizime o batalhão inimigo com um ataque, você também sofrerá baixas. Com as baixas de sua unidade, ela provocará menos dano nos inimigos, assim sendo, a melhore estratégia é cercar o inimigo e destruí-lo. Sempre.

Existem muitos tipos de unidades e terrenos no jogo, você decide qual usar e onde usar, sendo que cada unidade é mais adequada para determinado tipo de terreno. Mas eu não vou explicar isso aqui, senão qual seria a graça ao jogar? Qual seria sua descoberta? Nenhuma. Então vamos lá, faça uma prova, você vai gostar.

Enfim, o jogo funciona bem seja com um controle ou usando mouse + teclado, sendo que eu preferi usar o mouse + teclado. Além disso, os gráficos são bem bonitos, bastante coloridos e atrativos, ainda não tinha visto um jogo do tipo com gráficos tão chamativos quanto este. Não bastando o gênero que muito me atrai, os gráficos bonitos e a boa jogabilidade, a música de fundo é boa e os efeitos sonoros são sensacionais.

Assim sendo, é válido concluir que Tiny Metal: Full Metal Rumble é um ótimo jogo de estratégia, ao estilo de Advanced Wars, onde o preço é justo tendo em vista o produto entregue e é bastante bom, custando apenas R$ 28,99. Dentre tudo que o jogo oferece, apenas uma coisa é negativa: não possui tradução para português. Porém, tirando este ponto, TM: FMR  não decepciona em nada.




Olá! Meu nome é Fernando Paniago e sou responsável pela análise que você acabou de ler, dúvidas ou sugestões não deixe de comentar.

⃒ Steam ⃒ Facebook ⃒ Discord ⃒  ________________________________

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.