Jogamos - Hunt: Showdown


 Mamilos Club - Não Recomenda - Hunt: Showdown

Um projeto ambicioso e inovador, mas que tem tudo para ser mais um "eterno Early Access".

Hunt: Showdown, anteriormente, Hunt: Horrors of The Gilded Age, é um game multiplayer de terror/tiro em primeira pessoa. Há muito tempo a Crytek vinha falando e nos mostrando Hunt, após alguns anos de silêncio, o jogo reapareceu de cara nova, com uma nova ideia e um novo nome, se tornando assim Hunt: Showdown, em 22 de fevereiro o jogo chegou no steam em acesso antecipado prometendo sair desse estado em 1 ano.


Controlamos um caçador de monstros com morte definitiva, ao iniciar o jogo é necessário comprar um caçador com o dinheiro adquirido in-game, todos os seus itens podem ser comprados e vendidos, após escolher um personagem, é hora de selecionar um contrato, nesse contrato, estão disponíveis 2 monstros até então e 2 ciclos de tempo, dia e noite, podendo jogar sozinho ou em dupla.

As partidas funciona da seguinte forma: Há 10 jogadores espalhados pelo mapa infestado de monstros e zumbis, alguns jogadores em dupla e outros sozinhos, tudo que se mexe é nosso inimigo e ganhamos por matar, dinheiro e XP. Dentro desse mapa, há dicas que nos levam para o monstro chefe, ao seguir as dicas, o monstro é encontrado e o objetivo é matá-lo e exorcizá-lo. Após matá-lo, precisamos pegar a prova do contrato que estará onde o monstro foi morto e ir para o ponto de extração, que pode ser uma carruagem ou um barco, há vários deles espalhados pelo mapa, mas cuidado, ao pegar a prova do contrato, todos os players que estiverem vivos, saberão sua localização e começará uma guerra para tentar tomar a prova de você e extraí-la no seu lugar.


Como já foi citado, a morte é definitiva, ao morrer, seu nível de personagem é reiniciado e você terá que adquirir um novo caçador. Não há objetivos fixos no jogo, você pode fazer o que quiser, é possível entrar na partida e extrair logo em seguida por exemplo, mas você só ganhará pontos pelo que você fez, se não fizer nada, não conseguirá nada.

Tudo isso seria muito divertido e empolgante se o game realmente funcionasse, há poucos servidores e nenhum deles é localizado na América do Sul, eles são de péssima qualidade e reiniciados várias vezes no dia, caso você esteja em jogo quando o restart acontecer, seu personagem será morto, além disso, o ping é extremamente alto e quedas são comuns. Até mesmo pessoas que residem onde há servidores, sofrem com esses problemas. Em um PvP por exemplo, as chances de morrer por conta de lag são altas, até mesmo para matar inimigos controlados por IA é complicado, o atraso para reagirem ao dano causado pelo jogador, pode chegar a 2 segundos.

Graficamente é um jogo muito bonito, porém nem computadores mais potentes conseguem rodar o game com gráficos no médio/alto e uma boa performance, atualmente se encontra muito mal otimizado e com diversos problemas visuais, desde o "efeito massinha" nas texturas, até mesmo o sumiço de objetos, construções e vegetação.

A jogabilidade é diferente do que estamos acostumados a ver, é tudo muito lento, o que passa uma sensação maior de realidade, para acertar um tiro de longa distância, é preciso se concentrar e calcular bem o movimento do alvo e até mesmo sua respiração. Podemos andar, correr, pular, agachar, escalar, mirar e interagir com objetos.


Em termos de conteúdo e atualizações, ainda há muito o que progredir, as promessas por parte da equipe desenvolvedora estão cada vez mais frágeis e por todo momento voltam atrás do que foi dito. Com quase dois meses de lançamento, não houve progresso algum visto no desenvolvimento e diversos adiamentos aconteceram, consequentemente os jogadores foram desaparecendo, o tempo para encontrar uma partida atualmente, pode passar os 5 minutos. Um patch de performance vinha sendo prometido desde o meio de março, a resposta dos desenvolvedores sobre a data do patch à comunidade era sempre "na próxima semana", semanas foram se passando e nada, uma versão de teste foi lançada do jogo, onde as atualizações poderão ser testadas antes do lançamento oficial delas, e então ao completar quase 1 mês de atraso, a atualização foi lançada no servidor de teste onde muitas pessoas afirmaram que o desempenho saltou e outras que disseram não ver melhoria alguma, então após mais alguns dias a atualização chegou no jogo base com apenas 100 mb de tamanho, sem as melhorias prometidas e com uma justificativa de que um patch maior será lançado no futuro.


Apesar de todos seus problemas, não dá para negar que Hunt: Showdown possui um potencial enorme para ser um game fantástico, mas levando em conta seu estado atual, se você está procurando diversão, passe longe do jogo, aguarde alguns meses para ter certeza de que o jogo não será mais um que eterno early access.

Pontos positivos:
  • Gráficos excelentes
  • Ótima sonorização
  • Desafiador
  • Preço acessível

Pontos negativos:
  • Servidores de péssima qualidade
  • Atualizações pequenas e demoradas
  • Péssima otimização
  • Bugs sérios que comprometem o gameplay
  • Falta de jogadores
  • Pouco conteúdo

Análise escrita por Aca40eSete




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.