Jogamos - Antihero


Antihero é uma daquelas gratas surpresas, tanto que fui em busca de sua versão para mobiles também. Este título chegou ao Steam de forma tímida, mas parece que muitas pessoas já caíram em sua graça - eu também - confesso que sua jogabilidade "tabuleiro" me agrada muito! tenho uma quedinha por jogos simples, mas que apresentam qualidade, como é o caso deste.

A história não é aprofundada, arrisco dizer que é bem convencional e lembra bastante os contos/filmes de Robin Hood - acredito ser a melhor comparação - já que você vai assumir o papel de um ladrão, mas que trabalha em benefício do povo por achar que a forma como são tratados é injusta. Como o jogo tem menus e legendas em português, fica fácil de acompanhar os desdobramentos do enredo conforme você avança na campanha, mesmo que isso passe longe de ser o foco.


O título não é complexo, é bem fácil de entender como funciona sua mecânica, é estilo tabuleiro "convencional", com limite de ações e trocas de turnos. As primeiras fases/cenários são como "tutoriais" para deixa-lo afiado com as possibilidades das funções, então você vai aprender como recrutar jovens para serem informantes, brutamontes para entrar na gangue, atacar, roubar e mais algumas funções básicas de cada turno, se não está acostumado com jogos neste estilo, não tem problema algum, Antihero é bem intuitivo e com toda à certeza, é uma bela maneira de começar sua experiência neste gênero.

Já enfatizei que o jogo é "básico" porém isso não atrapalha em nenhum momento seu gameplay, pelo contrário, por ser básico é que ele agrada bastante, o mesmo é visto em sua arte - visual - e sons, por mais simples que sejam, eles são valorizados e se encaixam perfeitamente na proposta minimalista vista in-game. 

O seu verdadeiro papel não é ser um grande ladrão, talvez você já tenha entendido, mas de qualquer forma é bom avisar, aqui o seu papel principal é ser um administrador, fazer essa parte de recrutamento, investigar, escolher alvos e tomar todas as decisões pela guild, por mais que tenha "seu" personagem, é muito importante cuidar de todos os demais e calcular as perdas e ganhos, já que também existem meios de elevar os níveis de algumas habilidades que vão facilitar sua vida.


Talvez à grande "sacada", talvez não, é a grande sacada de Antihero, seu modo online que abre possibilidades de jogar em tempo real, mas também por correio... Sim, por CORREIO! quem diria, um recurso que antigamente era bem usado em jogos de xadrez e aos poucos foi sendo esquecido, hoje é "revivido" por este game, mas claro que os mais jovens talvez não conheçam como isso funciona, mas é basicamente você fazer um movimento agora, seu adversário recebe uma notificação e quando ele entrar no jogo, ele pode fazer o movimento dele e lhe avisar, seguindo assim com o game.

Depois disso tudo, é claro que vou recomendar, aliás, recomendar MUITO Antihero para os amantes de jogos de tabuleiro e para aqueles que desejam ter sua primeira experiência com games desse estilo.

Prós:
Atenção:
- Ótimo visual;
- Poderiam prolongar à campanha
- Jogabilidade simplificada;
-
- Multiplayer online
-
- Português
-
-
-


Evan "Zn1ffer" Ramos: Fã dos mais variados gêneros de jogos, nintendista e gamer de carteirinha, escreve notícias e reviews em suas horas vagas. Apaixonado por Cavaleiros do Zodíaco e as mais diversas áreas da TI, focando seus esforços na segurança da informação e infraestrutura. E-mail para contato: ev4n.r4mos@gmail.com


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.