Review - SteamWorld Dig 2


SteamWorld Dig 2 é jogo indie de aventura/plataforma com fortes influências do gênero metroidvania. Desenvolvido e distribuído por Image & Form, mesma equipe responsável pelo sucesso de SteamWorld Dig e SteamWorld Heist. O título foi lançado oficialmente no dia 22/set/2017 e até o momento desta review estava com 97% de analises positivas na plataforma Steam, consolidando o sucesso da franquia. O game está bem produzido, conseguiram manter a essência dos anteriores ao mesmo tempo que deram um toque inovador nesta sequência.

Não tenho como explicar com exatidão todos os eventos em torno da história sem que revele alguns spoilers, por isso vou resumir de uma maneira bem breve e que não entregue algo além do que já se encontra na descrição do jogo em sua página de compra. Aqui você volta há assumir o papel de um steambot – como nos outros jogos, caso já tenha jogado – que é basicamente um escavador/explorador, a trama realmente começa quando se depara com um centro comercial muito antigo que vem sofrendo com tremores e terremotos fora do comum.


O jogo consiste em muita exploração, mas não se engane, ação também é um elemento que não falta, assim como pequenos chefes que podem dar alguma dorzinha de cabeça – no normal, no fácil é.... Fácil – com o tempo você pode fazer upgrades para explorar novas áreas e conseguir novos acessórios para facilitar sua vida, mas tenha muito cuidado, quanto mais fundo você ir, mais armadilhas mortais vai encontrar e inimigos poderosos vão estar lhe aguardando.


SteamWorld Dig 2 é fácil de jogar, seus comandos seguem padronizados e durante o jogo ele mesmo vai lhe ensinando – um tutorial básico para cada nova função que libera – é possível jogar no teclado, até porque muitas pessoas já se adaptaram ao mesmo, porém com o controle em mãos é uma experiência sempre nostálgica e o mapa de botões está muito confortável, acredito que não será preciso mais do que alguns minutos para lembrar todas as funções. Visualmente o game está impecável, assim como sua trilha sonora que é um verdadeiro espetáculo. Posso afirmar que se trata de um título que atrai tanto os mais jovens como tem conteúdo para chamar atenção dos gamers de longa data.

A história é razoavelmente grande, não é nada complexa, porém é bem explorada no decorrer dos eventos, só é uma pena que não tenha legendas em português – e que a comunidade deve cobrar – pois em 2017 um jogo, mesmo que indie, deveria ter legendas ao menos em PT/PT. Fiz diversos testes de desempenho, alterei funções e tentei forçar alguns erros, mas o jogo se saiu muito bem em tudo, sua otimização é certamente um ponto alto, mesmo computadores bem fracos podem desfrutar deste maravilhoso game e sem perder a qualidade visual.


Sinceramente? É um jogo fantástico e merece todas as análises positivas que vem recebendo da comunidade, é difícil achar pontos ruins num jogo que claramente foi desenvolvido com muito empenho e carinho pela equipe responsável, SteamWorld Dig 2 é mais uma amostra que embora o gênero de mundo aberto esteja ganhando mais espaço do que nunca, os games de plataforma possuem muita força e podem surpreender ainda mais.

Destaques:

+ Otimização;
+ Controles simplificados;
+ Visual e trilha sonora deslumbrantes;

É preciso atenção:

- Adicionar legendas em PT/BR ou PT/PT;

Bugs encontrados:

# Nenhum;


Evan "Zniffer" Ramos: Fã dos mais variados gêneros de jogos, nintendista e gamer de carteirinha, escreve notícias e reviews em suas horas vagas. Apaixonado por Cavaleiros do Zodíaco e as mais diversas áreas da TI, focando seus esforços na segurança da informação e infraestrutura. E-mail para contato: ev4n.r4mos@gmail.com


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.