Jogamos - Superflight


Se arrisque e pontue

Superflight é um game indie de wingsuit, simples, diferente e interessante.

Apesar da simplicidade, Superflight consegue ser divertido, desafiador e possuir belos cenários, com um conceito artístico muito criativo.

O objetivo é voar e se arriscar em manobras para conseguir a melhor pontuação, ganhando rank e desbloqueando conquistas que são muito bem boladas e divertidas de se alcançar. Os mapas são gerados aleatoriamente, todos são bem diferentes um do outro.

Ao longo das manobras, portais podem ser encontrados, ao entrar em um portal, o jogador é teleportado para um novo mapa e ganha 1000 pontos por isso, há outras formas de mudar o mapa, descendo o mais baixo possível ou gerando um novo lugar pelo menu do jogo, também é possível jogar cenários de outros jogadores, colando o nome do mapa gerado no menu.


A jogabilidade de Superflight no começo é bem complicada, mas com uns minutos de gameplay tudo fica familiar e o domínio dos controles vai acontecendo. Podemos apenas ir para cima, lado esquerdo, lado direito e para baixo.


Uma trilha sonora é o que mais faz falta no jogo, já que o mesmo não possui, os únicos sons presentes são dos pontos que vamos alcançando, do vento e da batida (morte) caso aconteça.


Em termos gráficos, como já foi citado, o game é simples e aposta em um estilo artístico minimalista, que funciona muito bem, o resultado sem dúvidas é incrível, aliás, muitas vezes a morte in-game acontece pelo fato de perder o foco por conta dos belos cenários que com certeza todos que jogaram ou jogarão, já apreciaram ou irão apreciar.

Pontos positivos:
  • Cenários simples e bonitos
  • Boa jogabilidade
  • Conquistas desafiadoras
  • Classificação Steam
  • Divertido e relaxante
  • Preço acessível


Pontos negativos:
  • Não possui trilha sonora

Superflight está disponível no Steam por apenas R$ 6,49 e conta com 24 conquistas.

Análise escrita por Aca40eSete



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.