Jogamos - Remothered: Tormented Fathers



Um dos lançamentos mais surpreendentes do ano no mercado indie.

Remothered: Tormented Fathers é um game de terror/sobrevivência em terceira pessoa, onde controlamos Rosemary, uma mulher em busca de respostas sobre o desaparecimento misterioso de uma menina, Celeste.

Para conseguir entrar na casa onde Celeste morava e seus pais ainda residem, ela se passa por uma funcionária de um instituto onde o pai de Celeste, que possui uma rara doença, se tratava. Ao conseguir entrar no local e ficar cara a cara com o pai da menina, Dr. Felton, Rosemary logo o enche de perguntas sobre sua família e sua identidade é descoberta e assim a mulher acaba sendo expulsa do local. Mais tarde, Roseramy invade a mansão e começa sua investigação, mas descobre coisas horríveis e que colocam sua vida em risco caso não saia dali.


Apesar de se tratar de um produto indie, a qualidade do jogo e suas cutscenes impressionam, a história é pra lá de interessante e muito bem elaborada, repleta de plot twist e digna de um bom filme de suspense/terror.


No jogo podemos andar, correr, se esconder, interagir com objetos, usar objetos de defesa e distração, assim como também montar "armadilhas" para distrair o inimigo, não é possível matá-los, somente se defender. O salvamento é feito apenas por espelhos que encontramos durante o jogo, que também servem para recuperar a vida da personagem.

A arte visual do game é bastante profunda e detalhada, a ambientação pode ser considerada uma das melhores em um jogo do gênero, lembrando bastante as mansões de Resident Evil, principalmente o 7. Os gráficos são bem bonitos e polidos, os efeitos exploram muito bem a capacidade da Unreal 4, que é onde o jogo foi desenvolvido, dando uma experiência gráfica incrível aos jogadores, tudo isso com um ótimo desempenho.


Uma das coisas mais legais em Remothered: Tormented Fathers, são os puzzles, para avançar é necessário pensar muito, já que dicas praticamente não existem, é preciso explorar e usar a lógica, procurar objetos, voltar aos mesmos locais e tentar descobrir novas coisas que podem ter ficado para trás na primeira exploração, todos os puzzles são bem elaborados e inteligentes, dando uma dificuldade desafiadora.


A trilha sonora é marcante e combina muito bem com cada momento em que ela aparece, a sonorização é ótima e perfeição é a palavra que define a dublagem do game. Remothered: Tormented Fathers possui bastante opção de localização, inclusive português brasileiro, porém há muitas falhas nas legendas, o que será corrigido com o tempo, aliás, é preciso ressaltar que o jogo se encontra em estado "Early Access".


Early Access

Atualmente, Remothered: Tormented Fathers não está completo, há alguns bugs, como por exemplo na jogabilidade que é o ponto em que os desenvolvedores estão focando no momento, a história ainda não está finalizada e a promessa é de que o game seja lançado oficialmente no final de 2017. Sem dúvidas vale a pena dar uma conferida nesse lançamento que vem surpreendendo desde sua beta fechada.

Remothered: Tormented Fathers está custando apenas R$ 25,99 no steam, também está disponível para Playstation 4.


Pontos positivos:
  • Rico em história
  • Envolvente
  • Puzzles inteligentes
  • Desafiador
  • Boa trilha sonora
  • Ótimos gráficos
  • Localização em PT-BR
  • Preço acessível

Pontos negativos:
  • Pequenas falhas na jogabilidade
  • Falhas na legenda
  • Alguns jogadores relatam problemas de desempenho em certas áreas do jogo


Análise escrita por Aca40eSete

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.