Jogamos - GravNewton


👉 GravNewton é um jogo de plataforma e raciocínio lógico onde terá de usar a gravidade para concluir seus objetivos - passar os estágios - e escapar do terrível "O perseguidor". Trata-se de um título minimalista e extremamente casual que poderia, inclusive, estar disponível para mobiles - fica à dica - ele é desenvolvido por JOZGames e distribuído por Use Your Head - Games.

👉 Como disse no parágrafo acima, é um jogo simples em todas as questões, do visual até suas mecânicas e por isso sofre com a falta de menus básicos, mas focarei nisso mais a frente nesta review. De imediado é preciso saber que o uso de teclas é bem restrito, você vai usar apenas o ENTER nos menus e W, S, D, A ou ←, ↑, →, ↓ para mover o cenário - sim, você move o cenário, não o personagem - lembre-se, você precisa usar a gravidade 👀. O pause do jogo é pelo ESC (que também pode ser usado selecionar o cenário/mapa) o maior problema para quem chegar de paraquedas num jogo assim, é apenas se acostumar que você move o cenário.


👉 As músicas são bem atmosféricas e até combinam com a proposta, porém, meu gosto pessoal discorda um pouco do ritmo delas em alguns momentos e sinceramente me senti mais relaxado ao jogar sem volume. O jogo não tem uma mapa de teclas ou alguma opção para altera-las, nem mesmo tutorial, opções de vídeo ou de áudio, é tudo bem arcaico neste ponto, por exemplo: para jogar em tela cheia eu preciso usar o ALT + ENTER e para tirar o áudio é preciso mutar o PC. São coisas básicas que creio não serem muito difíceis de serem implementadas ao game e fazem falta.

👉 Os cenários são bem variados, assim como os obstáculos que surgirão neles, você precisa se preocupar em mais do que apenas evitar o fogo em paredes, também existem alavancas de ativações, plataformas que cedem e não esqueça do Perseguidor, que vai exigir velocidade de pensamento e agilidade nos dedos para não errar as rotações dos cenários durante a perseguição. Não se engane pelos níveis iniciais, eles são apenas uma amostra do que o jogo tem para apresentar, por isso não se acostume com o ritmo lento do começo e treine bastante os dedos para acertar os lados na hora de rotacionar.


👉 O título não é exatamente inovador, porém, mesmo com toda a sua simplicidade ainda sim é capaz de atrair o público gamer, principalmente aqueles que gostam de jogos casuais - que aliás, é um tipo de jogador(a) em crescimento no Steam - e demonstra que suas avaliações positivas são realmente por mérito, o game faz por merecer essas análises e também acho importante ressaltar que GravNewton é um jogo brasileiro e conta com 76 estágios bem diversificados que podem fazer você sofrer bastante para completar! Mas quero mesmo ver quem consegue tirar rank S em cada setor!👀 Recomendo!


Evan "Zniffer" Ramos: Fã dos mais variados gêneros de jogos, nintendista e gamer de carteirinha, escreve notícias e reviews em suas horas vagas. Apaixonado por Cavaleiros do Zodíaco e as mais diversas áreas da TI, focando seus esforços na segurança da informação e infraestrutura. E-mail para contato: ev4n.r4mos@gmail.com


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.