Jogamos - Back to the Future


Back to the Future é de 2010, mas nem por isso deixa de ser uma obra bem elaborada, com gráficos estilo animação que não enjoam e uma história apaixonante.
Há momentos que a desenvolvedora Telltale te faz lembrar o quão boa é na elaboração de seus jogos, e este, com toda certeza irá cativar tanto os amantes do longa-metragem quanto os que não o conhecem, porém curte o estilo point-and-click.

O jogo é dividido em cinco episódios contando uma aventura de Marty e Doc inédita! Você irá para o passado conhecer a história da adolescência de Doc, além de lidar com um grupo de mafiosos, sempre viajando no DeLorean fortemente tunado, deixando o rastro de fogo e fumaça sob seus pneus. Teremos sempre que lidar com as escolhas para evoluir na história. 

Diferente do estilo The Walking Dead da mesma desenvolvedora, este jogo não trará escolhas que vão interferir no futuro, apenas não será possível prosseguir se as escolhas e a ordem do point-and-click não forem feitas corretamente.

A jogabilidade é simples pois se trata de cliques de mouse e um inventário, no qual será ensinado em um tutorial como deverá ser utilizado, mesmo assim, se por acaso se encontrar preso, há um sistema de dicas escalável que você pode chamar para dar-lhe um empurrão na direção certa. Infelizmente, a movimentação do personagem não é muito satisfatória,  havendo momentos que não conseguimos nos movimentar conforme clicamos, fazendo com que Marty fique preso em algum ponto invisível ou não vire 180° corretamente para dar a volta no objeto. Além da falta de legendas em português, fazendo com que alguns puzzles fáceis se tornem complicados pois, devemos ouvir atentamente o que Doc diz a respeito de seu foguete por exemplo.


Mesmo assim, os pontos positivos são valorizados e bem feitos. A história se consolida e não deixa brechas, ela é bem escrita e cria personagens convincentes. A sonoplastia é impecável trazendo uma imersão absoluta pro enredo.

Os filmes dos anos 80 são notoriamente responsáveis por gerar jogos para os tempos atuais, Back to the Future merece que joguemos pelo menos uma vez em nossas vidas! É um jogo breve que embala muita personalidade para equilibrar outras deficiências, porém considerando o foco da força na história, você certamente ficará ansioso para saber o que vem depois.


Taily Poerame : Apaixonada por zumbis!!! Escrevo reviews e realizo traduções de jogos dos mais variados estilos. Universitária do curso de História, amo conciliar o aprendizado da vida acadêmica aos jogos. E-mail para contato: taily.poerame@gmail.com
Tecnologia do Blogger.