Jogamos - Nex Machina



Nex Machina é desenvolvido e distribuído pela Housemarque, o mesmo estúdio de Outland, outro jogo com ótimas avaliações na plataforma Steam. Aqui o(a) jogador(a) vai assumir o papel de uma verdadeira maquina de matar e deve destruir hordas e mais hordas de inimigos numa sequência frenética no melhor estilo SHMUP, mas com seu toque pessoal.

O jogo não conta com modo história, se quiser sozinho vai encontrar as opções arcade (conforme passa um mundo, avança ao próximo), mundo individual (você joga apenas o mundo que escolher) ou arena online (você joga sozinho, mas seu objetivo é bater as pontuações de outros jogadores). Os nomes estão em português porquê o menu do jogo pode ser colocado em PT-BR nas opções.

Para quem não sabe, a Housemarque já tem experiência - e muito boa por sinal - com jogos parecidos e que contribuíam para o sucesso de Nex Machina, ex: ResogunAlienation. Para quem já teve a oportunidade de jogar os games citados ou mesmo outros títulos da empresa, sabe muito bem o quão ela leva a sério seus projetos e podemos claramente ver o amadurecimento do estúdio com o passar dos anos.

Os cenários são bem trabalhos e variados
Mas afinal, qual é a receita do sucesso visto aqui? Lugares que desafiam seu posicionamento, muitos inimigos, e bônus que vão exigir movimentações longas e desafiadoras. O jogo poderia muito bem lhe colocar num ambiente variado e deixar você matando, matando e matando, mesmo assim ele conseguiria sua carisma, isto é fato.

Sua movimentação, os comandos - teclado e mouse ou controle - estão ótimos, o jogo é extremamente fluído e cheio de recursos visuais que enchem os olhos com efeitos primorosos. As musicas e os efeitos com relação aos sons também estão em um nível espetacular, tudo se encaixa muito bem na proposta do game.

Não posso dizer que Nex Machina é pensado para computadores mais fracos, não é, seus efeitos exigem um bom hardware, mesmo assim sua taxa de quadros se mantem estável e talvez seja possível executar o jogo em configurações mais modestas, óbvio que o custo vai ser um dos grande pontos do jogo - a beleza dos pixels explodindo - e se isso não garantir uma jogabilidade - taxa de quadros "fps" - estável, melhor deixar para quando tiver um melhor equipamento, é impossível passar algum mundo com o PC travando.

Existe também a possibilidade de jogar cooperando com algum amigo, mas de forma local e com tela compartilhada, fato que rende uma boa dose de diversão e desafios, falando nisso... Os níveis de dificuldade do jogo estão equilibrados e crescem na mesma proporção, se busca completar todos os mundos no mais difícil, não pense em fazer isso logo nas primeiras tentativas, até mesmo por ser necessário treinar o reflexo.

Os efeitos de partículas estão realmente maravilhosos
In-game, além do desafios de atirar e se movimentar, também é possível resgatar seres humanos - o que rende pontos e conquistas - e não vá esquecer de coletar os objetos brilhantes pelo cenário, são habilidades/armas que podem ajuda-lo na destruição das hordas, aumentar sua vida, recarregar seu dash e até mesmo escudo, por isso é fundamental destruir tudo pelo mapa, muitas coisas estão escondidas.

Outro grande destaque é boa variação dos inimigos, a cada cenário você vai encontrar algo novo e desafiador, isso faz com que à estratégia e os movimentos usados anteriormente não possam simplesmente ser reprisados, então é preciso sempre estar se adaptando.

O que jamais pode faltar num título assim? Você já deve ter se perguntado. E os chefes? Sim! Legais, diferentes e difíceis - o que já era de se esperar - e claro que o jogo não decepciona na experiência que é enfrenta-los, tenha cuidado, use estratégia e principalmente seus reflexos, pois serão levados ao extremo.


Depois de tudo que eu falei, alguma dúvida de que recomendaria o Nex Machina? Lógico. Cada centavo vale a pena, os desafios impostos são ótimos, sons, gráficos... Tudo é muito bem explorado e demonstra a qualidade e preocupação do estúdio em dar aos seus compradores um excelente game. O único fato que posso lamentar é que não existe a possibilidade de jogar cooperando online com algum amigo.


Prós:

● Jogabilidade excelente;
● Efeitos visuais belíssimos;
● Musicas e efeitos sonoros empolgantes;
● Otimização;
● Cooperativo local;

Contras:

● Não existe modo online cooperativo.


Participe da nossa network

      

Evan "Zniffer" Ramos: Fã dos mais variados gêneros de jogos, nintendista e gamer de carteirinha, escreve reviews em suas horas vagas. Apaixonado por Cavaleiros do Zodíaco e as mais diversas áreas da TI, focando seus esforços na segurança da informação e infraestrutura. E-mail para contato: ev4n.r4mos@gmail.com
Tecnologia do Blogger.