Jogamos - Lucius:


Você na pele do próprio Anticristo trazendo dor e sofrimento para uma família amaldiçoada, família que logo estará em ruínas após os feitos de Lucius, destrua todos que cruzarem o seu caminho da maneira mais cruel possível, façam sofrerem e pagarem pelos seus pecados...


Lucius possui gráficos aceitáveis mas nada de impressionante, no total Lucius aparenta ser aquele trabalho que cada um fez um pedaço e no final juntaram tudo e deram uma passada geral para tentar organizar às coisas, mesmo assim é um game aceitável.

A trilha sonora deste game é simples, o game todo é o básico do básico e suas músicas e efeitos sonoros seguem o mesmo ritmo, simples nada de inovador ou extraordinário, mas ainda assim o suficiente para manter o game em um bom ritmo.


Lucius possui uma história totalmente voltada ao Anticristo sim ao "Capiroto" representado por uma criança, o que do meu ponto de vista já se tornou um clichê... sempre mesma história! isso meio que desanima, mas ainda vale apena dar uma chance para esse game.

A sua jogabilidade é limitada sempre avance ou retroceda simples assim, andar com seu Triciclo se torna um desafio e quebra totalmente a imersão do game pois, o mesmo flutua sobre objetos e sobe escadas ignorando totalmente a realidade.


Como todo o game sua otimização também é um trabalho mal feito, durante a jogatina recebi diversos crashes, principalmente em ambientes com mais NPCs ou quando você tem alguma interação com objetos.

• Pontos Positivos: 

- Um jogo parcialmente jogável, tudo no game pode ser avaliado como mais ou menos, nada é extraordinário mas também não chega a ser um game ruim.

• Pontos Negativos:

- Otimização - Infelizmente neste ponto o game é totalmente falho.

• Extras:

- Tradução do Game - Lucius;
- Histórico de valor em diversas distribuidoras oficiais: Lucius;

Tecnologia do Blogger.