Jogamos - Black The Fall

Black The Fall é um game indie atmosférico de gênero puzzle incrível, é inegável notar a influência de Limbo e Inside ao longo do jogo. Controlamos um maquinista escravo do comunismo, que em uma oportunidade, resolve fugir do local.

Para fugir, precisamos enfrentar puzzles e contamos com a ajuda de um robô e também de alguns acessórios encontrados ao logo do jogo. Não há diálogos no game, mesmo assim é possível entender a história, os objetivos e o que ela quer passar. A jogabilidade de Black The Fall é simples e fluída, podemos correr, andar, agachar, pular e interagir com o cenário, tanto no teclado quanto no controle ela funciona muito bem.



A ambientação do game é muito bonita, sombria e bem feita. Graficamente é possível notar a simplicidade nos efeitos e texturas, mesmo assim tudo é bonito, bem detalhado e polido.


Em trilha sonora, Black The Fall acertou totalmente, ela é presente por quase todo o game e consegue passar uma experiência mais profunda em cada situação.

A campanha dura cerca de 4 horas, a dificuldade média, alguns puzzles colocam o jogador para pensar bastante, há 14 conquistas e a maioria delas são de segredos, ou seja, é preciso explorar tudo para alcançar o 100%. 

Pontos positivos
  • Boa jogabilidade
  • Ambientação fantástica
  • Gráficos simples e bonitos
  • Ótima trilha sonora
  • História interessante
  • Preço acessível
  • Localizado em PT-BR

Pontos negativos
  • Inimigos e personagens repetitivos

Tecnologia do Blogger.