Jogamos - Else Heart.Break()


Else Heart.Break() é um RPG dividido em dois estilos de jogabilidade: uma aventura 3D de point-and-click, que decorre através da história principal, e um desafio de programação (para os entendedores, o próprio nome do jogo é o suficiente :)). 

Dependendo de quão rápido e completo o jogador explore o mundo aberto da cidade de Dorisburg, será possível acessar a parte de codificação. As mudanças são tão variadas que podemos influenciar a velocidade com que fazemos amigos, conquistamos Pixie, o amor de Sebastian, e até mesmo as cores da cidade. Mas tudo isso segue um propósito maior. A união dos hackers para derrubar o governante da cidade que está desumanizando seus habitantes. 

Após atracar, o jogador se vê livre para ir onde quiser e quando quiser. É aconselhável que leve Seb até a loja de informações e pegue um mapa. Este mapa não mostrará onde o jogador está localizado, portanto deve prestar a devida atenção onde estão os pontos principais da cidade, e se você realmente se perdeu, tente encontrar as vias férreas e caminhe paralela a elas para encontrar uma das estações. Você pode ter que esperar um pouco, mas uma vez que chegar um trem, sinta-se livre para entrar, pois não precisa de um bilhete para embarcar. Quando o trem se aproximar de uma estação, o nome dela é exibido no canto superior direito da tela, desta maneira, a localização ficará fácil. 
Além disso, você pode sentar-se no banco da cabine e sua visão se desloca para o exterior, possibilitando assistir a paisagem enquanto você segue os trilhos. Isso também pode te dar uma dica para se localizar na cidade. 

O que faz de Else Heart.Break() um jogo excepcional é a forma dos diálogos. Enquanto podemos escolher entre mentir (por que dizer que você é um revendedor, se pode dizer que é um artista e veio de longe para capturar a beleza da cidade?), ocultar, ou dizer a verdade e ganhar a confiança das pessoas de forma lenta porém concreta. E quando dizemos isso, é por que conforme nossa intimidade cresce com determinado NPC, somos convidados para festas, reuniões, etc. E desta forma, avançamos na história do jogo. Podemos falar com o mesmo NPC em vários momentos e dependendo da forma como respondemos, a conversa será sempre diferente. Além dos diálogos, há a interação como um todo, a forma realística que podemos nos envolver com drogas, álcool, e cigarros, além do complexo momento amoroso entre Seb e Pixie. 

Como nem tudo é perfeito, o jogo contém bugs, que infelizmente nos fazem voltar para o penultimo ponto salvo. O que aconteceu conosco foi o seguinte: Travamos na porta e quando voltamos para um save anterior, todos os NPCs andavam em linha reta, batiam nas paredes e ficavam por lá. Resolvemos então, voltar mais um ponto salvo e tudo voltou ao normal. 

Outro detalhe é o deslocamento de áreas dentro da cidade. Como são feitos por quadrantes e temos que clicar em setas para carregar o outro, muitas vezes aparece a notícia de que devemos esperar pois está em uso. Portanto, apenas um personagem por vez pode utilizar as passagens e as portas, o que acaba se tornando um incômodo após algumas horas de jogo. 

Mesmo assim, pela magnitude de elementos que o jogo dá ao jogador, estes pequenos detalhes, não atrapalham o divertimento. Else Heart.Break() é um RPG Cyberpunk muito diferente do habitual. É garantido muitas horas de gameplay pois, mesmo com a campanha curta, temos toda a parte secundária de programação dentro do jogo para que continuemos evoluindo com Sebastian. Além de possuir uma particularidade gráfica surreal, conter mais de cem músicas e uma estação de rádio que convenientemente podemos hackear! 
A interface do jogo é somente em Inglês com legendas disponíveis em Inglês e Sueco.


Tecnologia do Blogger.