Jogamos - Super Rad Raygun


Super Rad Raygun nos oferece uma experiência de plataforma 2D divertida e única.


Alguns anos atrás os desenvolvedores indie descobriram o poder dos jogos de plataforma 2D mesmo no cenário atual (onde os computadores possuem cada vez mais poderio gráfico) a qualidade dos jogos vem ganhando notoriedade e se popularizando de forma surpreendente, nos presenteando com aquela nostalgia de games consagrados de décadas atrás. Super Rad Raygun vem nessa linha, seu estilo nos remete ao passado e ainda sim o jogo consegue ser atual sem fazer nenhum tipo de apelação - sangue, conteúdo +18, drogas etc - apenas fazendo uso da diversão, nostalgia e certamente é uma grande homenagem aos jogos e cultura pop da década de 80.


Em Super Rad Raygun você vai assumir o papel de Raygun que foi construído com o propósito de combater a tecnologia comunista que contava com robôs extremamente avançados da URSS (União Soviética) porém durante o processo final de construção um dos auxiliares do projeto acabou fundindo-se com o experimento e dando origem ao nosso herói. Agora cabe a você salvar os Estados Unidos e destruir o regime comunista e sua tecnologia.

Se souber um pouco de inglês recomendo que leia os diálogos, eles são inteligentes e retratam muito bem a cultura pop da época, porém num tom divertido de paródia (Não esquecendo que o jogo é ambientado nos anos 80).


A jogabilidade é divertida e fácil, rapidamente você vai estar adaptado aos comandos e a velocidade de resposta, o que pode ser um pouco complicado de início é que em alguns pontos a câmera não mostra todo o cenário e isso pode prejudicar um pouco mas é só um detalhe, depois de certo tempo em jogo esse é o menor dos seus problemas pois o game apresenta um bom nível de dificuldade mesmo que você faça upgrades no personagem, certamente vai sofrer para derrotar alguns inimigos "básicos" e chefes que vão testar sua paciência ao limite.

Confesso que não achei uma explicação para a cor do jogo ser num tom verde-oliva, variando entre amarelo claro e cinza - especulo que seja como nosso herói enxerga ou é apenas uma homenagem aos jogos antigos - você precisa tomar muito cuidado com suas ações, já que seus disparos, pulos duplos e outras habilidades consomem energia e quando ela chega ao estado crítico, você não consegue fazer mais nada e por isso deve esperar ela recarregar automaticamente para seguir pela fase até derrotar o(a) boss.

Durante as partidas os bugs encontrados foram mínimos e basicamente se restringem as moedas que "dropam" dos inimigos quando você elimina eles, em alguns casos elas ficam em pontos inacessíveis. Cuidado com o respawn dos inimigos, alguns retornam quando a câmera avança ou recua no cenário.


Com corpo e alma dos anos 80, Super Rad Raygun é surpreendente em todos os aspectos possíveis e para quem é fã de jogos ao estilo de Mega Man, este game é mais do que obrigatório na sua biblioteca e certamente deveria servir de referencia para outros desenvolvedores tamanha qualidade do trabalho realizado aqui.

Extras:

- Conquistas e cartas na Steam.

Tecnologia do Blogger.