Jogamos - Day of Infamy


Muitos jogos FPS estão sendo lançados e indo para tiroteio da era espacial, ostentando miras laser e gadgets para ajudá-lo a eliminar seus inimigos, Day of Infamy fez o oposto, se voltou para a velha escola e trouxe os cenários da Segunda Guerra Mundial, onde, apenas os jogadores com reais habilidades irão conseguir sobreviver pos mais tempo vivo no jogo. Dos mesmos desenvolvedores de Insurgency , este novo FPS força o jogo em equipe e torna os jogadores menos dependentes de truques para matar o inimigo. Ao invés de truques, os jogadores terão que usar seus cérebros e olhos para marcar e matar que, por sinal, é necessario para obter alguns pontos e subir de patente.

Há uma seleção decente de 10 mapas para jogar, que vão desde as praias do norte da França para mansões alemãs. Mapas em cidades pequenas e zona rural, cheio de escombros, tanques explodidos e crateras. Os mapas são rodados em alguns servidores e em outros os jogadores podem escolher entre 4 mapas após cada jogo ter terminado.

As armas foram estéticamente detalhadas, os sons de cada uma delas são perfeitamente diferenciáveis, isso é fantástico em um jogo em que precisa de muita tática para se manter vivo, pois você não quer passar pelo campo e levar um tiro de uns sniper que está estratégicamente posisionado esperando você passar.

Existem diferentes classes no jogo, são nove ao todo, e cada uma pode executar uma tarefa difente, além de meter bala no oponente, algumas delas são:

  • Officer: Possui várias munições no jogo, você pode querer apoiar um bombardeio. Possui binóculos, pode ajudar no posicionamento, porém precisa do homem do rádio para fazer o direcionamento para a tropa e pedir reforços;
  • Assault: Classe assalto pode correr mais rápido do que qualquer outra classe; 
  • Engineer: Os engenheiros podem transportar grande classe de explosivos TNT. Em alguns tipos de tarefas que podem ser necessárias esta classe;
  • Support: Apoiar qualquer outra classe na linha de frente. Você também pode cagar balas com metralhadoras pesadas;
  • Rifleman: O atirador de Elite (esse nome não torna você um, risos) pode correr rápido incansavelmente por muito mais tempo do que qualquer outra classe. Usando rifles padrão com lentes de longo alcance;
  • Radioman: Precisa estar ao lado dos Oficiais para chamar apoio;
  • Machinegunner: Nossa classe usando metralhadoras pesadas poderia carregar mais munição do que as outras classes;
  • Flamethrowers: Lança-chamas é uma classe que pode semear a destruição no campo de batalha a curta distância.

A chave para ter sucesso nesse jogo é trabalhar em equipe, pois é através desse combate mais punitivo e lento que Day of Infamy estabelece as bases para um atirador multiplayer que, acima de tudo, valoriza o trabalho em equipe e coordenação. Cada um dos mapas tem objetivos diferentes, por exemplo, lutar por um ponto de controle neutro. Se o inimigo capturou, eles poderiam então empurrar para o nosso território e capturar um segundo ponto que garantiria a vitória. Como uma equipe, precisamos defender simultaneamente o nosso próprio ponto enquanto empurramos para retomar o neutro e transformar em nosso ponto de controle.

O jogo tem compatibilidade com modificações e integração com o Workshop, o que oferece aos jogadores uma ampla diversidade de conteúdo criado pela comunidade.

Precisará de muito treino para sobreviver em uma tempestade de balas e granadas.

Tecnologia do Blogger.