Jogamos - Malavision: The Origin



Ótima ideia, porém mal executada.

Malavision: The Origin é um jogo de terror em primeira pessoa que conta a história de um político que foge para uma propriedade privada no Paraguai com seu assistente após ser descoberto corrupto em seu país, depois de entrar nesta propriedade, ele descobre que a famosa lenda guarani denominada "Malavisión" é real e pode ser muito perturbadora.

A sinopse e ideia do game são ótimas, mas funciona? Não, praticamente tudo no jogo é ruim, o primeiro inimigo é uma pessoa normal que corre atrás do jogador fazendo sons de monstro/urso e os objetivos são completamente confusos, você passará um bom tempo andando de um lado para o outro sem saber para onde ir.




O jogo trabalha com uma jogabilidade simples, você pode pular, andar, usar a lanterna e interagir com alguns objetos. Os gráficos do game são estranhos e tudo reflete com a luz da lanterna também de uma maneira estranha, a ambientação é boa, mas os defeitos gráficos tiram todo o destaque dela.

As vozes do jogo são terríveis, a interpretação dos dubladores é péssima e a tradução das legendas para inglês e português aparentemente foram feitas usando o google tradutor, há inúmeros erros ortográficos e gramaticais.

Há muito o que fazer para Malavision: The Origin se tornar um jogo razoável, a impressão que dá ao jogá-lo é de que é um projeto ainda em alpha.


Prós:

  • Conquistas
  • Cartas colecionáveis
  • Jogabilidade simples e funcional
Contras:

  • Muitos erros na tradução para inglês e português
  • Gráficos estranhos
  • Interpretação ruim dos dubladores
  • Objetivos confusos
  • Preço alto para a qualidade que jogo apresenta

Tecnologia do Blogger.